Cantisano Móveis - Barretos - SP
15 Passos para organizar seu guarda-roupa
Quando a gente toma aquela decisão “ok, hoje eu vou organizar meu guarda-roupa”, bate um leve desespero: “Será que vou conseguir tirar bastante peça?” e, principalmente, “será que vai ter espaço para tudo o que eu tenho?”. Como falei no post anterior, a organização trará muitos benefícios, mas precisamos estar preparados para nos desapegar, além de botar a cabeça pra funcionar para bolar soluções criativas para rearranjar as peças no guarda-roupa, de forma que fiquem em local de fácil visualização e acesso. Seguem alguns passos para fazer uma boa organização.

1. TIRAR AS PEÇAS DO GUARDA-ROUPA

Que tal aproveitar a organização pra fazer uma bela limpeza no móvel? Para isso, é importante retirar as peças que estão nos nichos, para que possa começar o processo. Se não tiver muito espaço para espalhar tudo, não se preocupe! Vá tirando as peças por setores, fazendo por partes. Retirar as peças também vai ser bom pra achar aquela blusinha que caiu numa outra dimensão ou universo paralelo, vai facilitar a visualização e a escolha do que vai e o que fica.

2. LIMPAR

Calma, calma! Eu vim organizar o guarda-roupa e agora vou ter que limpar, também? Ora… se é pra conservar melhor as peças e evitar que se sujem, peguem poeira, mofem, etc. é muito positivo aproveitar essa animação toda para passar um pano úmido. Só isso. Não precisa de nenhum produto (sério mesmo, eles podem danificar as roupas). Depois, no final, só passe um paninho seco, pra ter certeza que não vai molhar ou umedecer os itens quando colocar de volta (imaginou o trabalhão todo pra, no final, facilitar o bolor na peça?).

3. EXPERIMENTAR

Existem inúmeras formas de definir o que você irá manter e também vários destinos a serem dados às peças. É inevitável que a maioria dos itens deverão ser provados, para saber se estão vestindo bem, se ainda expressam seu estilo, ou se ainda têm utilidade (aqueles casos que você mudou totalmente de área, sabe? Ou abandonou aquele estilo rebelde de adolescente). E nada de drama! Você deve ser crítica e realista: será mesmo que você perderá aqueles quilinhos que ganhou no último ano?

4. SELECIONAR

Você já provou tudo e é hora de decidir o que vai ficar e o que vai embora. Uma super dica é separar em caixas (ou sacolas, ou pilhas, ou cestas…). Separe em: manter, doar, vender, jogar fora, trânsito. Um acessório que ajuda bastante é aquela cesta “porta-tralhas”, muito comum em quarto de criança pra guardar brinquedos (é uma que se arma e depois dobra e fica achatadinha). Ah, claro que esta etapa pode ser feita ao mesmo tempo em que você vai provando as peças, né? Agiliza o trabalho!

5. MANTER

Tudo aquilo que você tem certeza que vai ficar. Simples. Mais ou menos, né? Pense assim: eu uso? Está servindo? Cai bem? Tenho onde usar? Posso combinar com mais peças (e quantas)? A cor me valoriza? Se realmente vale a pena, se são muitos prós pra quase nenhum contra, mantenha essa peça.

6. DOAR

Vai pra doação o que não está mais usando ou não serve mais. Cuide bastante com a peça que vai doar: doe itens em bom estado, sempre! Aqui valem as mesmas perguntas acima. Se os contras forem maiores que os prós, é hora do desapego.

7. VENDER

Separou uma peça que não serve mais, nunca usou ou não tem nada a ver com você, mas está com dó de doar? Se achar que vale a pena, separe peças (em ótimo estado) pra vender pras amigas (fazer um bazar, com direito a coquetel e uma bela confraternização – que delícia!) ou para um brechó (bora levantar uma graninha?). Ainda por cima, pode rolar alguma troca por algum item maravilhoso, um super achado.

8. JOGAR FORA

Sabe aquelas peças horrorosas, que é até maldade doar pra alguém? Então… essas mesmo. Infelizmente existem peças que não tem solução e é melhor jogar fora. Muitas vezes isso acontece com lingerie, meias velhas que estão muito gastas, esgarçadas, furadas (acontece, viu? Normal!).

9. TRÂNSITO

Existe uma categoria que você também pode criar que separa aquelas peças que não são suas, são emprestadas da mãe, da irmã, da amiga, que você pode aproveitar pra devolver (e abrir mais um espacinho no armário). Aqui você também pode separar peças que são suas, mas que são “totalmente a cara da fulana” (sua melhor amiga). Com certeza ela vai ficar feliz com a lembrança.

10. ESTUDAR O ESPAÇO

Agora que você tirou tudo do guarda-roupa e ficou só o essencial, perceba como é o seu espaço. Cada um tem um armário ou closet diferente, com nichos específicos que podem limitar ou não sua organização. Para isso, veja como é seu móvel e que prioridades deverão ser dadas às peças.

11. PESQUISAR FORMAS DE ORGANIZAR CADA PEÇA

É importante que sejam pesquisadas formas de organizar as peças (calma que vai ter post pra isso!). Tem algumas roupas que não podem ser penduradas, pois podem lacear ou deformar. Outras ficam mais bem acomodadas se colocadas em cabides. Certifique-se destes detalhes, antes de recolocar tudo no guarda-roupa.

12. USAR A CRIATIVIDADE

Usar a criatividade é essencial, seja para aproveitar ao máximo o espaço ou para bolar ideias de suporte para organizar os itens. Às vezes temos caixas e caixas inutilizadas dentro de casa, um cabide diferente, um cestinho divertido, etc. que podem ser aproveitados para guardar alguma peça ou acessório. Tem muitos sites de inspiração para isso – que vão ajudar bastante a sua criatividade se manifestar.

13. DOBRAR O QUE PRECISA

As peças que não vão penduradas, normalmente precisam ser dobradas. Para facilitar o processo, você pode comprar ou fazer um guia, pra deixar tudo do mesmo tamanho. Outra dica é usar uma revista. Dobre as peças em volta do guia ou revista e depois empilhe ou faça rolinhos. Dependendo da peça e se são roupas femininas ou masculinas, você pode usar guias de diferentes tamanhos.

14. COLOCAR TUDO DE VOLTA

E finalmente é hora de colocar tudo de volta! Depois de suar bastante – tira, bota, tira, bota, dobra aqui, empilha ali – você pode realocar as peças nos espaços disponíveis. A vantagem de tirar tudo do guarda-roupa e colocar tudo junto no final é que você pode perceber uma maneira mais interessante de organizar as peças, e também percebe que, às vezes, um item estava em um nicho na-da-a-ver, por isso você sempre se esquecia dele. Se tiver feito por partes, ao final dê aquela conferida pra ver se algo ficou num lugar muito estranho ou inacessível.

15. FAZER UMA LISTA

O fruto da organização pode ser uma lista de compras – seja de acessórios para organizar o espaço (cabides, ganchos, cestinhas), seja de peças-chave que estão faltando. Em qualquer um dos casos, fazer uma lista é bastante útil. Você não precisa sair imediatamente para comprar aquele item, mas pode guardar na bolsa (ou no cel – viva os apps!) para o momento que estiver passeando de bobeira e se deparar com alguma peça ma-ra-vi-lho-sa na vitrine. Assim, pode consultar a lista pra ver se ela é realmente essencial ou se tem um daqueles itens na loja em questão.
Super Ela


A peça Sier que faltava em sua sala: o sofá!

Estante Lumber

Sofá Natuzzi italia Diesis

Mesa Egos e cadeiras Beatrice Capitonê

Poltrona La Vida Corda Green House com estrutura em alumínio e pintura poliéster.

Uma sala gourmet, assinada pelo Studio Blazute

Sofá Natuzzi Galaxy

15 de novembro, Dia da Proclamação da República!

Pratique a Gentileza! 13 de novembro, Dia Mundial da Gentileza.

A sofisticação que a sua sala merece!

A linha VISBY encanta qualquer área externa!

Dia da Decoração

Banco Garbo

Os puffs são famosos pela capacidade de se adaptar a uma variedade de aplicações

Poltrona Braza

Poltronas LISBON TEKA

Feliz Dia das Crianças!

Uma sala de estar perfeita!

Base de Jantar Infinito e Cadeira Formosa

O charme e o aconchego da madeira na decoração

Móveis para completar a sua sala de estar com muito estilo.

A linha DUBAI vai conquistar você!

Feliz Dia do Cliente!

Bar Bourbon

07 de setembro, Independência do Brasil

Poltrona Natuzzi Re-Vive

Poltrona Jobim e a mesa de centro Arena

Sofá Table Jordan

Parabéns Barretos, pelos 163 anos!

Organização e funcionalidade para a sua sala!
Cantisano Móveis - Barretos - SP
Cantisano Móveis - Barretos - SP